Controle de dados corporativos: 7 formas de elevar a segurança

Controle de dados corporativos

O controle de dados corporativos é um desafio em tempos de redes sociais, dispositivos móveis e aplicativos de mensagens. Veja 7 formas de manter a segurança!

O desafio de manter o controle de dados corporativos é uma realidade na maioria dos negócios. Com o crescimento do uso dos dispositivos móveis, aplicativos de mensagens e outras ferramentas pelos funcionários, é cada vez mais difícil garantir a segurança.

Porém, todos sabemos que a equipe de TI precisa definir políticas de segurança e trabalhar para evitar o vazamento de dados e reduzir a vulnerabilidade da empresa. Pensando nisso, falaremos neste texto sobre os principais desafios do controle de dados corporativos e explicaremos 7 formas de elevar a segurança. Vamos lá?

Os desafios do controle de dados corporativos

Temos vários fatores que aumentam a complexidade do controle de dados corporativos. Primeiro, diferentemente do que acontecia antes da era digital, um grande volume de informações, muitas vezes confidencias, são trocadas eletronicamente. Quando não protegidas, elas podem ser acessadas indevidamente por pessoas ou organizações não autorizadas.

Outro ponto importante é o crescimento do uso de smartphones, tablets e laptops que, muitas vezes, não ficam restritos às dependências da empresa.

Se os colaboradores podem levá-los para casa, o risco de perder ou vazar dados sensíveis da empresa é ainda maior. É grande ainda a preocupação com o compartilhamento de dados corporativos através de aplicativos e redes sociais, como WhatsApp ou Facebook.

Além disso, a proteção contra ameaças como vírus e malwares pode não ser tão eficiente nas redes privadas em comparação com a rede corporativa.

Assim, quando os dispositivos saem da empresa, eles podem voltar infectados e acabar comprometendo a segurança da rede corporativa.

7 formas de elevar a segurança dos dados corporativos

Para elevar a segurança no controle de dados corporativos, é preciso ter uma política de segurança e de governança consistente. Veja 7 pontos que não podem faltar:

1. Classificação das informações

A classificação da informação é feita para determinar o tratamento que ela deve receber. Geralmente, existem 4 níveis:

  • Pública: é a informação que pode ser vista por todos, dentro e fora da empresa. Está aberta a colaboradores, funcionários terceirizados, fornecedores e clientes;
  • Uso interno: não deve ser divulgada para quem não faz parte da organização;
  • Restrita: só pode ser acessada por determinas pessoas e tem nível de segurança médio;
  • Confidencial: é o mais alto nível de segurança. São dados que podem trazer grandes prejuízos financeiros ou à imagem do negócio se forem divulgados.

Também é possível fazer outras classificações, como grau de sigilo de 0 a 10, ou nível de restrição baixo, médio ou alto, entre outras. O importante é que as informações sejam classificadas e recebem proteção condizentes com a importância delas.

2. Definição de regras de segurança

As regras de segurança são usadas para controlar o acesso a determinados sites, arquivos e softwares. O próprio sistema e a rede da empresa devem funcionar como barreiras, por exemplo, limitando o acesso de determinado diretório para os funcionários do setor responsável por ele, bloqueando aplicações inseguras, impedindo o uso de pendrives etc.

É claro que todas as regras devem ser pensadas de forma a não engessar o sistema e não comprometer o fluxo de trabalho. Porém, devem ser rígidas o suficiente para garantir o controle de dados corporativos.

3. Controle de acessos

O controle de acesso dos usuários com senhas individuais é essencial. Com isso, cada funcionário terá seu perfil de acesso correspondente à função e ao cargo dele e apenas poderá acessar dados que fazem parte do trabalho.

Esse controle também permite o monitoramento de ações e, em caso de quebra da segurança, o rastreamento do responsável. Para que o controle funcione corretamente, instrua os funcionários a criarem senhas seguras e jamais compartilharem dados de acesso.

4. Capacitação da equipe

A sua equipe de TI deve estar bem treinada e em dia com as principais ameaças e ferramentas de segurança.

Eles serão os porta-vozes do controle de dados corporativos e precisam entender como funcionam as regras, o que é permitido e o que não deve ser feito.

Os funcionários dos demais setores também devem receber treinamento constantemente para entenderem como podem fazer parte dos esforços para garantir a proteção dos dados.

5. Conscientização de usuários

Mais do que entender a parte técnica e o funcionamento das medidas de segurança, toda a equipe precisa estar consciente da importância do assunto.

Não basta que eles saibam aplicar medidas de segurança da informação — eles devem enxergar o valor delas.

Trabalhe na conscientização dos usuários para mostrar a todos os colaboradores que o vazamento de dados é mais comum do que se imagina e que pode comprometer o negócio e afetá-los diretamente.

6. Investimento em soluções de proteção

Outro ponto importante é o investimento em tecnologias de proteção. Antivírus, anti-malware, firewall, ferramentas de segurança de rede, proteção de endpoint e assim por diante.

Analise as necessidades do seu negócio para entender quais investimentos são necessários.

7. Terceirização da gestão de segurança

Muitas vezes, a terceirização da gestão de segurança se mostra uma forma eficiente de combinar as experiências e os conhecimentos sobre o negócio que a equipe interna tem com a expertise de uma empresa especializada no assunto.

A AllEasy trabalha para garantir que sua empresa encontre o profissional certo no menor tempo possível e sem deixar de focar no seu core business.

Disponibilizamos um profissional ou um time que poderá atuar junto com sua equipe por um período determinado ou até a conclusão do projeto.

Assim, você terá know-how especializado em segurança, pode manter o foco nas atividades estratégicas de TI e não perderá tempo.

Quer começar já a otimizar o controle de dados corporativos na sua organização? Entre em contato agora mesmo e veja como podemos ajudar!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *