Segurança utilizando um proxy: uma opção para a proteção de dados

segurança de dados

O termo proxy é um velho conhecido de muita gente e é frequentemente visto por quem trabalha em redes corporativas. Mas será que você sabe o significado desse nome? A segurança do acesso à internet por meio de proxy pode ser uma boa alternativa para quem busca proteger dados corporativos.

Com essa ferramenta, sua empresa pode garantir navegação mais segura e ainda controlar melhor o acesso à internet pelos seus usuários. Seus computadores ficam mais protegidos e conteúdos maliciosos ainda podem ser bloqueados. Acompanhe o texto para entender o que é segurança de proxy e como ela pode ser útil para sua empresa!

Afinal, como o Proxy pode ajudar na segurança?

O proxy é um intermediário entre um computador e um servidor remoto, geralmente localizado na internet. Quando o usuário solicita, por exemplo, uma página da web ou um arquivo, ele não se conectará diretamente ao servidor. A solicitação será enviada ao proxy que, por sua vez, envia o pedido ao servidor onde a informação desejada está armazenada.

O proxy ajuda na segurança da informação porque, ao fazer essa função intermediária, ele esconde o IP do computador de onde partiu a solicitação. O único IP que ficará gravado nos servidores será o IP do próprio proxy e não dos dispositivos da empresa. Assim, fica mais difícil ter seus endpoints hackeados.

Ao mesmo tempo, o proxy aumenta o controle sobre as páginas acessadas por computadores pertencentes à sua rede. Com um proxy é possível controlar e limitar os dispositivos que terão acesso à internet e, ainda, bloquear o uso de sites, por categorias ou micro aplicações, que contêm ameaças (ransomware, vírus etc.) ou são inadequados ao ambiente corporativo.

Uma outra vantagem do uso do proxy é para economizar no consumo de internet e acelerar a conexão. Toda vez que uma página da internet é acessada, o servidor proxy pode armazená-la em cache. Se um outro usuário solicita o mesmo conteúdo, ele verifica se aconteceu alguma alteração.

Caso a página não tenha sido alterada, o proxy encaminha a cópia local sem precisar baixar novamente todo o conteúdo. Assim, ele reduz o consumo de internet na empresa e agiliza o processo de carregamento para o próximo usuário que solicitar o recurso.

Quais as formas mais comuns de implementar um proxy?

As maneiras mais comuns de implentação de um proxy para controlar o acesso de usuários à internet são: por um explicit proxy ou por um transparent proxy.

Proxy explícito

Nesse caso, o cliente é explicitamente configurado para usar um servidor proxy, isto é, ele sabe que todas as conexões passarão pela ferramenta. Cada cliente, que pode ser, por exemplo, um navegador ou um programa, recebe o nome do host ou endereço IP e a porta que deve usar. Ao receber a solicitação do usuário, ele usa essas configurações para usar o servidor proxy.

No explicit proxy, cada cliente precisa ser devidamente configurado para usar o proxy, o que pode resultar em usuários finais conseguindo contornar a segurança de proxy, se a implementação não for realizada de forma adequada.

Proxy transparente

Já no transparent proxy, o cliente não sabe que o tráfego será processado pelo proxy. O proxy geralmente fica inline com o gateway da internet e o serviço é configurado para interceptar portas específicas. Assim, o cliente não sabe que o tráfego está sendo regulado por um proxy.

Com isso, a segurança de proxy fica mais eficiente e você pode configurar padrões na rede para que todas as solicitações sejam interceptadas pelo proxy independentemente das ações dos clientes e dos usuários finais.

Qual proxy usar?

Existem diversos serviços de proxy gratuitos que geralmente são usados por usuários domésticos e até por empresas. Em uma busca rápida no Google, é possível encontrar listas de servidores proxy que estão à disposição. Porém, é preciso ficar atento à segurança desse tipo de solução, visto que seus dados vão passar por locais que podem não ser seguros ou confiáveis.

Muitas soluções profissionais de segurança, como CASB, Symantec ou McAfee, contam com o serviço de proxy. Estude a possibilidade de investir em uma solução completa em segurança web para garantir a proteção dos seus dados.

Como você viu, um proxy ajuda a mascarar seus endereços de IP e dificultar o acesso de invasores aos computadores da sua rede. O proxy permite, ainda, maior controle sobre os acessos feitos pelos usuários e navegação mais rápida e econômica.

Quer otimizar a segurança de dados corporativos na sua empresa? Entre em contato agora mesmo e obtenha o suporte da nossa equipe de especialistas!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *