Cloud Backup: O que é e quais as vantagens para sua empresa?

Cloud Backup

Veja como o cloud backup pode melhorar a segurança da informação na sua empresa e garantir um plano de recuperação de desastres.

Perder dados é um pesadelo para qualquer negócio e o cloud backup é a solução certa para evitar esse problema.

Seja por causa de uma falha de hardware, ataque cibernético, desastre natural ou mesmo quando os dados são deletados sem querer, a perda de informações pode levar a interrupções graves nas oportunidades de negócios.

Há alguns anos, as opções de backup eram muito mais limitadas. Atualmente, no entanto, a disponibilidade de armazenamento em nuvem mudou a maneira como fazemos backup de nossos dados, oferecendo uma opção mais segura e conveniente.

Mas como funciona o cloud backup e por que ele é importante para sua empresa? Continue lendo e veja por que investir nessa solução agora mesmo!

Quais as diferenças entre armazenamento local e cloud backup?

Existem duas formas de fazer o backup dos arquivos corporativos:

  • offline: quando tudo é armazenado em um data center local, ou seja, físico;

  • online: com o armazenamento dos dados pela internet, na nuvem.

O backup offline era certamente a melhor opção quando a nuvem e a internet só existiam na imaginação dos cientistas de dados. Contudo, os problemas desse tipo de armazenamento eram muitos, especialmente os ligados à maior vulnerabilidade a danos físicos e ataques de hackers.

O cloud backup foi criado, portanto, para resolver todos esses problemas. Ele permite que um software crie um backup e transfira-o automaticamente para um data center virtual pela internet.

Não há hardware adicional necessário para o backup na nuvem e os dados podem ser recuperados de qualquer local com uma conexão com a Internet.

Quais as vantagens do cloud backup?

Salvar na nuvem torna o lado operacional do backup muito mais fácil, pois o armazenamento pode ser executado automaticamente com a mínima necessidade de intervenção humana.

A nuvem também permite que os salvamentos sejam feitos constantemente e em tempo real, para que os arquivos sejam salvos em backup assim que forem alterados.

Além disso, podemos citar entre as vantagens do cloud backup:

  • é mais seguro. Com o backup físico, seus dados ficam sujeitos às imprevisibilidades as quais todo hardware é vulnerável. Por outro lado, o cloud backup, além de não sofrer com os mesmos problemas, está protegido por uma equipe focado em garantir sua segurança;

  • é escalável. No cloud backup, o tamanho do espaço de armazenamento se adapta ao volume dos dados que você precisa guardar, sem que seja necessário fazer novos investimentos em hardware e infraestrutura;

  • é mais fácil de gerenciar. O armazenamento offline exige um cuidado e gerenciamento presencial que é totalmente dispensável no cloud backup;

  • reduz custos. Além de reduzir o gasto com hardware pesado, o backup em nuvem que você só pague por aquilo que efetivamente usa. Ou seja, em vez de ter um infraestrutura robusta que muitas vezes pode ficar subutilizada, você pagará por um serviço que te fornece exatamente o que precisa — nada a mais, nada a menos.

O que considerar ao escolher o software de cloud backup

Claro, o backup é apenas um lado da moeda. Em algum momento, você também precisará acessar esses dados. Ao escolher um sistema de backup, você precisa pensar se esse é um processo fácil.

Por exemplo, é fácil acessar um único arquivo ou pasta inteira? Você pode restaurar em um local diferente para comparar diferentes versões de um arquivo?

Além disso, algumas funcionalidades podem ser um diferencial, tais como:

  • Recuperação bare metal: verifique se o software permite criar uma réplica exata do sistema e dos dados do usuário em uma única etapa. Com isso, será possível recuperar essa réplica para uma nova unidade em caso de falha de disco;
  • Múltiplos destinos: veja se ele permite armazenar cópias de backup em quantos locais diferentes para ter opções de recuperação mais flexíveis e confiáveis;
  • Backups diferenciais e incrementais: essa funcionalidade identifica apenas as mudanças feitas no último backup, reduzindo significativamente o tempo, o uso da rede e os requisitos de armazenamento;
  • Proteção de aplicativos de negócios: cheque se o software possui proteção integrada para outros aplicativos, como o Microsoft Exchange, o Microsoft Outlook pst, o SQL Server, o SharePoint e o Active Directory.

Como parte de um plano mais amplo de recuperação de desastres, você precisa saber que seus dados podem ser restaurados com rapidez e o cloud backup é a melhor forma de garantir isso.

E você, já investe no cloud backup? Quer continuar vendo dicas como essa? Assine nossa newsletter e receba gratuitamente no seu e-mail!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *