A inteligência artificial a favor da segurança

segurança da informação

Não são apenas os criminosos que se esforçam constantemente para sofisticarem seus métodos. Graças aos esforços dos desenvolvedores de soluções de segurança da informação, a proteção também evolui constantemente. Um exemplo é o uso de inteligência artificial para a segurança cibernética.

Se a sua empresa ainda não se preocupa com a segurança da informação e não conta com a tecnologia para isso, vocês estão em risco. As ameaças existem e podem trazer grandes prejuízos financeiros e à imagem da empresa.

Sim, é possível usar a inteligência artificial para a segurança e ela está mais acessível do que você imagina. Ficou curioso? Continue lendo e descubra como!

As ameaças estão em todo lugar

Foi-se o tempo em que o hacker era sempre associado a um nerd com conhecimentos aprofundados de tecnologia. Atualmente, qualquer pessoa pode criar um vírus e infectar toda uma empresa sem precisar entender sobre programação de computadores.

Existem softwares que são conhecidos como Ransomware as Service. Parece brincadeira, mas é realidade — qualquer pessoa pode pagar uma pequena quantia para criar quantos ransomwares desejar.

O objetivo dos criminosos com esses softwares é aumentar seus lucros e espalhar ainda mais ameaças no mundo corporativo. Como esperado, com todas essas facilidades, inúmeras novas ameaças são criadas diariamente. Mais precisamente, podemos falar em 244 novas ameaças por minuto, de acordo com estudos já realizados por empresas de segurança da informação.

Sem a devida proteção, as empresas podem se tornar alvos fáceis para ataques de funcionários insatisfeitos, concorrentes, ex-colaboradores e outras pessoas. Felizmente, o uso de inteligência artificial na segurança pode mudar esse cenário.

Como usar a inteligência artificial para a segurança da sua empresa?

Em sua forma mais simples, o antivírus só consegue entender que um arquivo é malicioso se já houver um registro de um ataque daquele tipo. Ou seja, se alguém usa

um desses softwares e cria um vírus novo, o antivírus comum não consegue detectá-lo de imediato.

Já com o uso da inteligência artificial para a segurança, os antivírus se tornam mais eficientes. Eles conseguem entender que o arquivo é vírus, mesmo que ele ainda não tenha atacado nenhuma rede ou computador antes.

O que a inteligência artificial faz é analisar milhões de arquivos, tanto genuínos quanto maliciosos, e criar um perfil matemático sobre eles. A partir desse perfil, os sistemas de segurança conseguem analisar qualquer arquivo ou programa e identificar as potenciais ameaças.

Quanto mais arquivos o antivírus analisar, mais inteligente o seu algoritmo de detecção ficará, o que significa que a proteção aumenta a cada dia.

Homem e máquina unidos pela segurança

Visto que as ameaças se multiplicam numa velocidade incontrolável, é praticamente impossível que os seres humanos sozinhos consigam se atualizar diante de todas elas. Por isso, o uso de inteligência artificial para a segurança é tão necessário.

No entanto, isso não quer dizer que as máquinas são capazes de realizar todo o trabalho sozinhas. Em muitas situações, o olhar humano é necessário para analisar os detalhes e fazer frente à inteligência humana por trás do ataque.

A melhor solução é, portanto, a união de homem e máquina pela segurança da informação. As máquinas fornecem capacidade de processamento e agilidade, enquanto os humanos usam seu olhar crítico e o poder de raciocínio que só o cérebro humano tem.

A McAfee e a inteligência da máquina

A McAfee é um dos nomes mais conhecidos do mercado mundial de segurança da informação. Para se manter na vanguarda, a empresa está investindo fortemente no desenvolvimento de soluções baseadas em inteligência artificial para a segurança da informação.

Com o uso de automação e aprendizado de máquina, a McAfee busca otimizar a parceria entre homem e máquina nas tarefas de segurança. Entre as soluções oferecidas pela empresa nessa linha estão, por exemplo, o McAfee Advanced Threat Defense, McAfee Endpoint Security with Real Protect e McAfee Global Threat Intelligence (GTI), entre muitas outras.

Além disso, desde 2016 a McAfee criou e apoia o OpenDXL, um padrão industrial aberto que permite aos desenvolvedores agirem de forma colaborativa para melhorar a segurança da informação. Com esse projeto, o objetivo é criar uma força-tarefa mundial em prol da segurança da informação.

Portanto, a inteligência artificial para a segurança já é praticamente indispensável. Contar com uma solução da McAfee, pioneira nesse ramo, com certeza vai agregar valor à segurança da sua empresa e proporcionar tranquilidade e eficiência à sua equipe de TI.

Se você também quer ter a inteligência artificial na segurança da sua empresa, entre em contato com o time de especialistas da AllEasy e descubra como isso é possível!

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *